Os atores da crise numérica do judiciário brasileiro

Avalie este item
(3 votos)

O livro trata de forma original quais são os causa­dores da crise numérica do judiciário brasileiro, utilizando-se de pesquisas empíricas para chegar a uma conclusão objetiva de como funciona a cadeia de incentivos que denotam a escolha racional de litigar em vez de permanecer fora do judiciário. O Estado é um dos principais responsáveis pela crise e, ao mesmo tempo, o maior prejudicado, pois aloca os recursos para o sustento da estrutura do poder judiciário. Aborda-se, ainda, como a ausência de capital jurídico (segurança jurídica) propiciada pelo próprio Judiciário cria uma distorção nas expecta­tivas das partes quanto ao resultado da demanda, favorecendo a litigância.

Assuntos: Justiça, Acesso à justiça, Coisa litigiosa, Direito Processual.

Autor: João Hagenbeck Parizzi

162 páginas

1ª ed. 2019

ISBN: 978-85-5478-027-2

 

botao pdf

 

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

© 2019 UEMG - Todos os direitos reservados